Higiene

Testei // pasta de dente Contente

Uma das coisas mais difíceis de se achar é uma pasta de dente que não teste em animais. Estranho, né? Mas é verdade sim, até creme dental é testado em animais! Por exemplo: o tal do teste de irritabilidade, para ver o grau de irritação da pele em contato com o produto, feito em ratos e coelhos.

Bom, o fato é que testei a pasta de de dente Contente, da empresa Suavetex (para conhecer a empresa clique AQUI).

contente1

Eu comprei essa aí de cima, extra whitening, e achei super “normal” (rsrsrs). Gostei que no final fica um leve gostinho de canela (?) na boca! Mas, como não podia vir aqui fazer esse POST sem um consentimento de alguém mais “entendido” fui até minha dentista, Dr.Elizabeth, e pergunte se a pasta era boa mesmo e se eu poderia continuar usando, sem problemas. E ela APROVOU!! :)

O único inconveniente é que não é assim tão fácil de achar….em supermercados, nunca vi. Comprei a minha numa lojinha no centro da cidade, a Veggie Life Store, que fica na Rua Barão de Itapetininga, 37. Mas sei bem que não é o ideal, já que é um produto de higiene que usamos todos os dias. Para dar uma leve facilitada, achei para vender nesses sites:

Vegan pride : http://www.veganpride.com

Guia Vegano : http://www.guiavegano.com.br

Germinar : http://www.lojagerminar.com.br/

Tudo Vegano : http://tudovegano.com

Recomendo comprar várias quando encontrar!!! :D

PS: Para quem quiser saber mais sobre quais testes são realizados em animais para lançar um simples creme dental:

Teste LD 50 : Abreviatura do termo inglês Lethal Dose 50 Perercent (dose letal 50%). Criado em 1920, o teste serve para medir a toxicidade de certos ingredientes. Cada teste LD 50 é conduzido por alguns dias e utiliza 200 ou mais animais. A prova consiste em forçar um animal a ingerir uma determinada quantidade de substância, através de sonda gástrica. Isso muitas vezes produz a morte por perfuração. Os efeitos observados incluem dores angustiantes, convulsões, diarréia, dispnéia, emagrecimento, postura anormal, epistaxe, supuração, sangramento nos olhos e boca, lesões pulmonares, renais e hepáticas, coma e morte. Continua-se a administrar o produto, até que 50% do grupo experimental morra.  As cobaias utilizadas incluem ratos, coelhos, gatos, cachorros, cabras e macacos. No fim do teste, os animais que sobrevivem são sacrificados. Anualmente, cerca de 4 a 5 milhões de animais nos EUA são obrigados a inalar e a ingerir (por tubo inserido na garganta) loções para o corpo, pasta dental, amaciantes de roupa e outras substâncias potencialmente tóxicas. Mesmo quando o LD 50 é usado para testar substâncias claramente seguras, é praxe buscar a concentração que forçará a metade dos animais à morte. Assim os animais têm de ser expostos a exorbitantes quantidades da substâncias proporcionalmente impossíveis de serem ingeridas acidentalmente por um ser humano. Este teste não se constitui em método científico confiável, haja vista que os resultados são afetados pela espécie, idade, sexo dos animais, bem como as condições de alojamento, temperatura, hora do dia, época do ano e o método de administração da substância. Um prognóstico seguro da dose letal para os humanos é impossível de ser detectado através dos animais.

Pesquisas Dentárias: Os animais são forçados a manter uma dieta nociva com açúcares durante três semanas ou têm bactérias introduzidas em suas bocas para estimular a decomposição dos dentes. Depois disso, são submetidos aos testes odontológicos. Muitas vezes, os animais têm suas gengivas descoladas e a arcada dentária removida. Os animais mais usados são macacos, cães e camundongos.

E depois disso, vai uma Contente aí?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s